Vendido

Travessa Redonda Antiga em Porcelana Vera Cruz 3 unidades , , , ,

R$144,00

Vendido

CONJUNTO COM TRÊS TRAVESSAS REDONDAS EM PORCELANA VERA CRUZ.
ÓTIMO ESTADO DE CONSERVAÇÃO PELO TEMPO.
CONFORME FOTOS
MEDE: 7 CM DE ALTURA, 20 CM DE DIÂMETRO
PESO APROXIMADO: 1,5 KG O CONJUNTO

A história da Porcelana Vera Cruz em Pedreira – SP

A história de fundação da Porcelana Vera Cruz começou em 1941, quando surgiu a Cerâmica Santana (antes chamada de Flamínio Maurício & CIA) em Pedreira, uma cidade do estado de São Paulo. Suas peças eram, inicialmente, voltadas para a área doméstica, com a produção e comercialização de vasos, travessas, pratos, xícaras e bibelôs para decoração de casas. Nessa época, as saladeiras chamadas de “casca de ovo” ganharam grande fama, inclusive, pela translucidez e fineza da porcelana com a qual eram fabricadas.

Em 1943, com a chegada do ceramista Horácio Lopes, a empresa se voltou para a técnica de produção de isoladores de porcelana, que são parte importante da rede de distribuição elétrica de grandes polos, como é o caso de Itaipu. A partir dessa mudança, a produção da linha doméstica retornou a Pedreira apenas no ano de 1960, com o surgimento da Porcelana Vera Cruz, que além de ser responsável pela fabricação de itens para o dia a dia da casa, também se tornou mais uma unidade de produção dos isoladores de porcelana.

Porém, 30 anos depois, em 1990, a linha doméstica foi encerrada e as empresas voltaram a atender apenas o mercado de isoladores, visto que, em 1970, a Isoladores Santana passou a ser a maior fabricante do produto da América Latina e exportadora para os Estados Unidos, Canadá, Oriente Médio e Ásia. Atualmente, o grupo se chama PPC Santana e possui 7 empresas ao redor do mundo. Além de Pedreira, há fábricas na Áustria, Alemanha, Eslováquia, Suécia, Tailândia e China, e escritórios comerciais nos EUA, China e na Tailândia.

Fonte: Museu Pedreira.

Peso1.5 kg
Dimensões26 × 24 × 20 cm